Tomografia 3D Cone Beam

Muito superior as radiografias convencionais (2D) a Tomografia Cone Beam permite uma avaliação seccional das estruturas anatômicas ou seja 3D, fornecendo ao cirurgião dentista informações precisas e mensuráveis de seus pacientes o que por sua vez, permite um planejamentos muito mais preciso em suas condutas clínicas.

São muitas as especialidades beneficiadas com esse novo conceito de diagnóstico, pois podemos avaliar, fraturas e trincas radiculares, canais acessórios, calcificações, mensurações ósseas, dentes inclusos, supranumerários, relação com estruturas nobres como nervos e cavidades, patologias, fraturas ósseas e muito mais, beneficiando muitas especialidades como endodontia, periodontia, cirurgia oral e bucomaxilofacial, ortodontia DTM, Implantodontia.

A Radiocamp possui instalação dinâmica e moderna,trabalhando com equipamento importado, de última geração, considerado de pequeno volume, o que permite gerar imagens de alta definição com baixas e seguras doses de radiação.

Além disso estamos capacitados a trabalhar com os mais modernos softwares de pós-processamento de imagens, aliado a um atendimento humanizado priorizando o bem estar e o conforto de nossos clientes.


 



Radiografia Panorâmica Digital

A radiografia Panorâmica é uma técnica que permite a reprodução da maxila e mandíbula em uma única imagem, com única exposição aos Raios X. Permite a visão global do status radiográfico da saúde bucal do paciente, o que facilita o diagnóstico, planejamento e acompanhamento de cada caso em todas as especialidades odontológicas.

Estas são algumas indicações da Radiografia Panorâmica
– Avaliação ortodôntica, para conhecer o estado da dentição e a presença / ausência de dentes;
– Cáries Extensas, processos patológicos no periápice
– Planejamento pré-operatório
– Proservação de procedimentos cirúrgicos
– Como parte da avaliação do suporte ósseo periodontal;
– Avaliação dos dentes terceiros molares (dentes do siso), para o estudo da necessidade ou não de extração;
– Características da qualidade óssea (trabéculas) em maxila e mandíbula verificar anomalias dentais, patologias, anatomia, entre outros.
– Apesar de ter princípios de técnica que remontam quase 100 anos (idealizada em 1948 pelo Drº Ott (Suíça)), ela possui um espectro de indicações e vantagens tão amplo que a tornam o exame complementar mais utilizado em odontologia até os dias atuais.


 



Documentações Ortodônticas

Indicação: Fornecer ao profissional, principalmente os ortodontistas e ortopedistas, informações suficientes para que ele possa planejar o tratamento fase a fase, com dados (inclusive geométricos e matemáticos) que embasam todas as decisões.

Normalmente compreendem: Fotografias extra e intra orais, Radiografias: Panorâmicas, Telerradiografias Laterais e/ou Frontais, periapicais de anteriores, traçados cefalométricos, reprodução das arcas (digitais ou em gesso).


 



Radiografia Interproximal Digital

A Radiografia Interproximal (Bite-Wing) é indicada para visualização mais precisa das coroas dos dentes posteriores, ou seja, os pré-molares e molares dos lados direito e esquerdo. Como são radiografias realizadas com o paciente em oclusão, mordendo uma aleta ou um posicionador conseguimos visualizar os dentes superiores e inferiores no mesmo exame radiográfico. Para visualizar todas as coroas dos dentes posteriores, são necessárias 4 radiografias inteproximais.
Indicações:
– Diagnóstico de cáries oclusais e interproximais ou trauma oclusal;
– Verificação da adaptação de restaurações e próteses dentárias fixas;
– Visualização da câmara pulpar e de possíveis alterações;
– Verificação da presença de tratamento endodôntico;
– Verificação de existência de doença periodontal.





Radiografia Periapical Digital

A Radiografia Periapical é indicada para estudos individuais ou de grupos de dentes, proporcionando através de uma imagem bi-dimensional uma visão da anatomia dentária (coroa e raiz) e das estruturas que circundam o dente (espaço periodontal, osso alveolar e demais estruturas anatômicas). Para que todos os dentes sejam visualizados, são necessárias 14 radiografias periapicais.

Algumas indicações das radiografia periapicais:
– Avaliação de coroas, raízes e ossos alveolares;
– Avaliações periodontais cáries, cálculos, lesões císticas e neoplásicas;
– Identificação de corpos estranhos;
– Analise da qualidade óssea e trauma oclusal;
– Observação de restaurações, tratamentos endodônticos e implantes dentários.


 



Telerradiografia Lateral

A Telerradiografia Lateral é uma radiografia do crânio padronizada e reproduzível. A padronização é essencial para o desenvolvimento da cefalometria. O principal valor dessas radiografias é o monitoramento do progresso de um tratamento, por meio da realização de traçados cefalométricos.

Avaliação das relações dos elementos dentais com os maxilares, e dos maxilares com relação ao esqueleto facial, podendo assim avaliar os desvios de planos oclusais e alterações pertinentes à intervenção ortodôntica, ortopédica e cirúrgica.

Na Ortodontia:
Diagnostico inicial – confirmação de anormalidades esqueléticas e/ou de tecidos moles;
Plano de tratamento;
Monitoramento do progresso do tratamento;
Apreciação dos resultados alcançados.
Cirurgia Ortognática:
Avaliação pré-operatória dos padrões esqueléticos e de tecido mole;
Auxilio ao plano de tratamento;
Avaliação pós-operatória.
Traçado Cefalométrico: Este produz uma representação esquemática de pontos anatômicos ou pontos de referência evidentes em uma radiografia lateral de crânio. Esses pontos são marcados digitalmente.


Avenida Mato Grosso, nº 656 - Belvedere | Campo Vede - Mato Grosso


Telefone: (66) 3419-3203 | Celular: (66) 9 9649-9282